Mundo ao contrário

 Créditos: @RaquelHRibeiro (via Twitter)

No Metropolitano de Lisboa por vezes também se vive o mundo ao contrário 🙃